Apresentação

A Federeção Goiana de Municípios - FGM, ciente da importância de capacitar permanentemente os agentes políticos e servidores municipais do Estado de Goiás, criou e mantém a sua ESCOLA GOIANA DE GESTÃO PÚBLICA - EGP/FGM, importante instrumento de qualificação dos profissionais que atuam na administração pública municipal, objetivando em suma o aprimoramento, desenvolvimento e a formação profissional local.

A EGP/FGM propiciará também a discussão e a reflexão sobre o atual panorama vivido pelas Administrações do Estado de Goiás, bem como, ofertará ao público a que se destina um amplo portfólio de eventos técnicos de interesse e relevância aos Municípios Goianos.

 

Haroldo Naves Soares
Presidente da FGM


Objetivos

A EGP/FGM tem por objetivo, elevar os níveis de eficiência da administração pública municipal, além de:

* Proporcionar alternativas de formação, capacitação, aperfeiçoamento e atualização profissional e acadêmica dos agentes políticos e servidores públicos municipais em cursos de extensão;

* Viabilizar, por seus meios ou em parceria com universidades e/ou outras entidades, alternativas de formação, capacitação, aperfeiçoamento e atualização profissional e acadêmica dos agentes políticos e servidores públicos municipais;

* Realizar projetos técnicos em infraestrutura, meio ambiente, educação, saúde e assistência social e a prestação de serviços técnicos à administração pública municipal, abrangendo assessorias para reestruturação funcional, administrativa e gerencial aos Municípios;

* Promover parcerias para realização de eventos, tais como, congressos, seminários, encontros, palestras e reuniões de trabalho direcionados à qualificação dos agentes políticos e servidores públicos municipais;

* Realizar estudos de indicadores, projetos e pesquisas, com objetivo de dimensionar as necessidades da administração pública municipal e propor soluções em gestão pública de resultados;

* Avaliar o potencial dos recursos humanos disponíveis na administração pública e propor alternativas para a sua qualificação, reestruturação funcional e administrativa aos Municípios;

* Empreender quaisquer outras atividades que visem à consecução das suas finalidades e de interesse dos seus Municípios filiados.